Suando pra chegar lá!

sexta-feira, 25 de março de 2011

Na mesma... Pelo menos!!! Desabafo... sorry!

Oi meninas, desculpem o sumiço!
Ontem lendo o post da Tassi  vi que estou voltando ao meu padrão de abandonar as coisas na metade do caminho! E essa semana parece que estou fazendo uma dieta imaginária mesmo. Começo super bem e a noite como uma coisa que poderia ter evitado.

Quando eu começei o blog, há um mês atrás, eu estava na maior empolgação e seguindo tudo super direitinho, a partir da segunda semana sempre "surgia" alguma coisa pra me tirar do caminho. Um aniversário de criança, um jantar com o marido, almoço na casa da mãe, aniversário da amiga...

Em um mês eu eliminei 3 kilos. Eu já percebo a diferença nas minhas roupas, no meu corpo. Mas poxa, tem gente, e muita gente, que arregaça as mangas de verdade e consegue emagrecer 6 ou sete...

O maior chacoalhão, e eu agradeço muito, foi um comentário da Carol dizendo que comer um pedação de bolo porque o marido não queria dividir é coisa de gordo. E é mesmo!  Antes de decidir fazer R.A  e mexer o corpitcho eu comia escondido. Vê se pode! Quem eu queria enganar? Comprava chocolate, muito chocolate e comia escondido pra ninguém ver e dizer que eu tava exagerando. Quando o maridon entrava no carro e via papeis de bala e chocolate no lixinho ele ficava rindo e dizendo que se fosse olhar embaixo da nossa cama ia encontrar um frango! hahahahahaha!!!  ( Alusão ao filme garota interrompida, onde uma das personagens comia frango escondido e deixava os restos embaixo da cama).

Eu nunca fui magrinha. Sempre tive tendencia a ser gordinha, genética, sabem como é?!  Mas também não cheguei a ser obesa.  Na minha gravidez engordei só 12 kilos, o que é considerado normal e saudável. Depois consegui recuperar e chegar aos 52 kilos, 2 a mais do que antes de ficar prenha. Em 2009 frequentava a pelo menos 4 vezes na semana e aos sábados fazia dança do ventre. Estava muito feliz com o meu corpo, com a alto estima lá em cima. Porém minha alimentação era toda errada. Eu só não engordava porque tinha muita atividade pesada, mas também não emagrecia. Tinha estabelecido um padrão e estava feliz porque comia de tudo que eu queria.

Depois, fui desistindo até que parei de vez a academia e a dança e aí fui engordando. Cheguei a 57 kilos. Já é sobrepeso. De repente me olheino espelho. Algumas roupas já não serviam, outras ficavam horríveis no meu corpo cheio de "curvas perigosas" hahahaha no mau sentido mesmo!!! E pensei: Meu Deus, como eu me deixei chegar a esse ponto! A coisa mais chata  é ir a uma reuniãozinha na casa de parentes e amigos e escutar aquele temido "nossa, como vc engordou, o que aconteceu?" . Gente, 57 kilos pra quem tem 1,50 não é obesidade, mas é feio, bem feio...Ainda mais pra quem tem um buzanfão como o meu! Até vergonha de mostar o corpo pro meu marido eu estava sentindo...

Quero muito mudar isso tudo, e deixar de ser essa pessoa que começa tudo mas não termina nada... Faltam só 5 kilos. Isso não é muito. Mas se eu continuar arrumando desculpas pra comer e comer, nunca vou chegar onde quero!!!

Hoje me pesei e continuo com 52 kilos. Pelo menos uma noticia boa em meio a uma semana tão desregrada...

Ah, não abandonei a A.F. Tenho corrido todos os dias pelo menos meia hora a 9km/h. Hoje foram 7,4km em 1 hora. Achoq ue tá bom né?

Bom meninas, é isso aí... Desculpa pelo "muro das lamentações"  de hoje.
Vcs estão acostumadas a ler uma Micha assim  toda bem humorada e engraçada, fazendo piadas de si mesma. Hoje além de chata eu resolvi escrever um livro.

Agradeço muito quem conseguiu ler até aqui... Vcs são demais meninas. Me dão super força!!!!

Deixo vcs com uma foto da minha melhor forma, fazendo uma coisa que eu adorava:




Beijos, beijos, beijos!

6 comentários:

Flávia disse...

oi!!! comigo tbm tá sendo dificil, perder os ultimos 5 kg que ainda faltam pra ficar no ideal. Mas o que não pode acontecer é você perder o seu foco, pense nisso pra não colocar tudo a perder!!!
Tem selinho lá no meu blog pra vc!!! bjooo

Rock`n mae disse...

temos quase a mesma meta devagar chegamos la

Carol Prestes disse...

Não desanima, amiga...tem época que é mais difícil, tem momentos que a gente faz tudo nos trinques...ainda mais quem tem marido, casa, filho, trabalho pra cuidar...é pauleira!!!

Acedito que a grande e mais importante reeducação não é a alimentar, é a reeducação mental. E isso leva tempo. Mudar hábitos de anos como beliscar, comer escondido, comer o restinho do filho, lamber a colher, provar a comida, dar uma "choradinha"nas quantidades, comer "só mais umzinho" e outras coisas - LEVA TEMPO. E nem sempre esse tempo é linear. Pode ser em intervalos, horas melhor, horas pior; pode levar anos - no meu caso mais de 15 anos!!!

Mas a grande lição, eu acho, é que por mais que a gente se afunde, O FUNDO DO POÇO TEM MOLA. É a história do "sou brasileiro e não desisto nunca" ou "copo meio cheio x copo meio vazio". Continuar na briga com o maior inimigo -> nós mesmas.

Ninguém põe comida na nossa boca, a gente é que vai lá na geladeira, olha pra maçã e come o chocolate. só pra boicotar a dieta, ficar mal, se culpar, comer mais, ficar pior, se culpar mais ainda e concluir que não serve pra nada e é um lixo mesmo.

NÃO ESTAMOS PREPARADAS PARA O SUCESSO!!!

Leia e reflita:

Nosso receio mais profundo não é de que sejamos inadequados.
Nosso receio mais profundo é que nosso poder não tem limites.
É a nossa luz, não a nossa sombra, o que mais nos amedronta.
Nós nos perguntamos:
"quem sou eu para ser genial, grandioso, talentoso e admirável?"
Na verdade, quem é você para não o ser?
Você é um filho de Deus.
Seu agir pequeno não serve ao mundo.
Não há nada de esclarecedor em se diminuir para que outras pessoas não se sintam inseguras perto de você.
Nós nascemos para tornar manifesta a glória de Deus em cada um de nós: ela está em cada um de nós!
E a medida em que deixamos nossa luz brilhar,
nós inconscientemente,
damos às outras pessoas permissão para fazer o mesmo.
E a medida em que nós nos libertamos do nosso próprio medo,
nossa presença automaticamente, liberta as outras pessoas .

Marianne Williamson, do livro "A Return to Love".

Ps. Putz, que foto linda!!

Conta comigo!
Beijos,

Patinha Feia Nunca Mais disse...

Oi Amiga!!!
Estes ultimos Kg são sempre o piores, se vc não come estaciona, se come direitinho estaciona e se come erradinho engorda, kkkk. Ai Socorro!! O que eu queria entender é porque as pessoas que resolvem fazer greve de fome ficam magrelas e a gente quando resolve diminuir a comida entra no efeito plato. Vai saber né!!!
O importante amiga é nunca desistir, é dificil mesmo conseguir resistir a todas as gostosuras culinárias que encontramos por ai. Mas é muito mais complicado se livras dos estragos que elas causam na balança e no espelho.
Grande Beijo e Ótima Sexta!!!

Mi. disse...

Oii Michaa,menina eu ainda nw consigo correr,hehehe so consigo caminhar,queria muito correr mas ainda não consigo,tomara que um dia eu consiga correr assim uns 9km hahaha vo ta feliz.É amiga pega firme ta faltando tão pouquinho pra vc conseguir fica firme e vamos que vamos
bjkas bom FDS

Nosso emagrecimento disse...

Oie Micha, desanima não amiga, vc vai conseguir, porque não volta a fazer dança do ventre? é ótimo fazer aquilo que gosta,bjosss